Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Prefeita esclarece caso Sanepar em coletiva de imprensa
06/05/2019 15:45 em Novidades

A prefeita de Andirá, Ione Abib esclareceu em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (06), a determinação judicial de cumprimento de sentença favorável à SANEPAR que determina que a SAMAE (serviço autônomo de água e esgoto) dentro de 60 dias apresente os dados técnicos necessários para a retomada do sistema de água e esgoto pela SANEPAR.

Este caso, tem início no ano de 1996, 6 anos antes do contrato da SANEPAR vencer, quando o prefeito da época, Roberto Simoni, assinou um aditivo no contrato da SANEPAR no qual continuava seu contrato por mais 30 anos, porém neste caso, a empresa não passou por processo licitatório, o que era obrigatório segundo uma lei de 1995. Portanto em 2003 o prefeito Carlos Kanegusuku decretou a retirada da SANEPAR da operação do sistema de saneamento da cidade, o que fez com que a juíza Paula Chedid Magalhães determinasse o cumprimento de sentença contra a companhia andiraense por não cumprir o devido processo legal para a análise de prorrogação do contrato.

Para a tranquilidade da população, a prefeita Ione Abib disse que o aditivo é ilegal e o município está na justiça para provar a ilegalidade deste aditivo. “Não existe motivo para o povo de Andirá temer neste momento", enfatizou a prefeita.

Em entrevista, o procurador municipal Dr. Murilo Ap. Correia de Souza, disse que a procuradoria vai fazer de tudo juridicamente possível. “Eu acredito que a gente vai ganhar porque o aditivo que a SANEPAR se baseia para tentar voltar para Andirá, é nulo" destacou o procurador.

Os vereadores presentes na reunião, convocaram o povo juntamente com os sindicatos para irem às ruas contra a SANEPAR e disseram que se dependerem da câmara de vereadores, eles estarão a favor do povo.

O caso ainda segue e o município de Andirá deverá recorrer dentro dos 60 dias.

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!